Sexta-feira, 28 de Agosto de 2009

Eu pergunto-me às vezes porque razão nasci mulher… Ainda hoje lá fui eu à pressa comprar tampões… e não pude vestir saia ou calções porque os pelitos já dão à costa, portanto lá vim eu de calcita de ganga.

Exigem tanto de nós, mulheres, e na verdade qual é o verdadeiro valor que nos dão… Nós trabalhamos, como qualquer homem trabalha. Quando chegamos a casa é tratar da casa, dos filhos, do jantar… mesmo que o amado esposo ajude nunca consegue fazer muita coisa… Vejo pelas mulheres que conheço. Chegam a casa, vai de tratar de roupas, dar a ferro, nos intervalozitos preparar o jantar… apanhar os boxers que o senhor deixou no chão do wc… ver se o gato tem água e comida… varrer ou aspirar a sala porque o gato larga pêlo e porque o senhor doutor, entra despassarado e nem limpa os pés à entrada… cansativo não ? Já sei que há homens que ajudam… mas nunca é o mesmo… a única coisa em que acredito que possam dar uma grande ajuda, é na cozinha, porque cada vez mais há mais homens a cozinhar bem, e cada vez mais as mulheres perdem qualidades neste campo (falo por mim…)
Resumindo… epa, se ainda há no mínimo um filho, toca de tratar de tudo! Mudar fralda, ou dar banho, ou ajudar com os trabalhos da escola…
Ah! e quando depois de um dia exaustivo se vai deitar, ele que não fez metade do que ela fez, fica de trombas se esta adormece num ápice!

Não fosse eu gostar tanto de ser mulher, apesar de todas as contrariedades, e juro que pedia numa próxima reencarnação para nascer homem ! Assim sendo, como apesar de tudo, ser mulher é ser mais, é ser qualquer coisa de divino, fico-me pelo mesmo numa próxima vida…



publicado por Jo às 12:55 | link do post | comentar | favorito

26 comentários:
De Francisco a 28 de Agosto de 2009 às 13:46
Apenas posso dar o meu ponto de vista...

Lamento que, em casa, para sí existam tarefas para mulher e para homem e que o homem dê uma "ajuda".
Isso não passa de uma esmola do homem e de uma postura maxista por parte da mulher...

Se as tarefas não tiverem, à partida, distribuidas e não tiverem rotação (umas vezes faz o homem, outras a mulher), nunca sairá desse circulo vicioso.

Somos criaturas de hábitos... aprenda a responsabilizar o seu homem!
Se ele realmente gostar de sí (e se voçê realmente não for por natureza maxista, como o seu texto revela), verá que deixará de haver, na sua casa apenas uma "ajuda" do seu homem.

Quanto ao resto... enquanto membro do sexo mais fraco... sim... é verdade que ser Mulher é bem mais dificil que ser Homem... daí a Mulher ser o Sexo forte.


De Jo a 28 de Agosto de 2009 às 13:51
Ola Francisco... depreendo do seu comentario que é a primeira vez que nos visita, caso contrario nao tiraria as ilaçoes que tirou, que até compreendo que se tire quando se esta fora do contexto. Eu ainda vivo com os meus pais e felizmente sempre tive um exemplo de homem em casa, que sempre partilhou as tarefas. Quanto a ser machista, poderia ser sim feminista! Machista nunca! Na minha opiniao os homens tem é que ajudar!
De qualquer forma obrigado pelo comentario. é bom perceber que cada vez mais os homens gostam de dizer que ajudam as suas mais-que-tudo.


De Francisco a 28 de Agosto de 2009 às 14:33
Olá Jo,

Desculpe ter vindo perturbar o seu cantinho, mas sim... a maneira como escreve é maxista.

Em primeiro lugar, enquanto pai e marido, sou tão responsável por todas as tarefas domésticas de minha casa como a minha mulher.
Se um de nós, ao fim do dia está exausto... seguramente que o outro entende somente pelo olhar.
Foi assim que estudei á noite, com a cumplicidade e apoio-o dela, foi assim que a minha mulher estudou de noite com a minha cumplicidade e apoio.
Foi assim que construí uma carreira internacional..., foi assim que a minha mulher construiu uma carreira internacional....
Vivo este equilibrio à 15 anos e não me vejo noutra realidade.

Quando afirma que "Na minha opiniao os homens tem é que ajudar!" está a ser maxista.
A "simples e generosa" ajuda de um homem é uma esmola, não uma real ajuda.

Um homem tem tanto de ajudar a mulher como a mulher tem de ajudar o homem.

Se não vai perpectuar o "eterno equilibrio" do eu (homem) sujo, tu (mulher) limpas, eu como, tu cozinhas, eu bebo, tu preparas, eu sujo a roupa, tu lavas...


De Jo a 28 de Agosto de 2009 às 14:39
"Quando afirma que "Na minha opiniao os homens tem é que ajudar!" está a ser maxista." desculpe mas nao poderia discordar mais... é ser feminista e nao machista. E lamento acorda-lo mas a sua realidade nao é a realidade de toda a gente. Nao falo por experiencia propria, mas por coisas que vejo. Acho muito bem que dividam as tarefas igualmente, mas se nao sabe, deveria saber que isso nao acontece em todo o lado.
"Um homem tem tanto de ajudar a mulher como a mulher tem de ajudar o homem." - nao poderia concordar mais. é pena que nao seja assim com toda a gente... fossem todos os homens como o Francisco e nao haveriam tantos divorcios certamente!

é uma pena que nem todas as mulheres tenham um homem assim, apesar de saber que o Francisco nao é raro, pois conheço mais homens que partilham as tarefas com as mulheres. Mas! Por muito que se tente acreditar que nao, ainda ha muitos meninos que vao mal habituadinhos de casa da mama e ajudam muito pouco as esposas. é a pura realidade Francisco... nao deveria ser assim, mas é! Contra factos nao ha argumentos...

Obrigado pela participaçao!!



De raio-de-luar a 28 de Agosto de 2009 às 14:51
Peço desculpa por me meter na troca de comentários... mas não resisti a fazê-lo.
Caro Francisco, pelo que descreve, tem a considerar-se uma excepção à regra... e uma excepção de ouro. E concordo em absoluto quando diz que o homem tem de ajudar a mulher, assim como a mulher tem de ajudar o homem. Só que ainda vivemos na sombra da mentalidade e costumes dos nossos pais e avós que o homem em casa não fazia nada... e aqui entraos numa questão cultural e educacional.
Na minha geração (dos quase 30) vejo que os maridos, namorados, companheiros ajudam mais ou menos em casa. Tarefas básicas ou não. Mas, e aqui sublinho o mas... acredito que "já muito fazem eles" se forem dos que vêm de umas mãezinhas que faziam tudo aos meninos. Falando da minha própria experiência: moro há um ano e pouco com o namorado e ele ajuda, sempre que pode. Lava a loiça, aspira a casa, por ezes trata da comida, e aprendeu comigo, não foi com a mãe... já aconteceu eu estar doente de cama e ele tratou de tudo. Quando a mãe dele soube que eu estava doente, quis logo ir lá para casa para cozinhar e tratar das coisas... e ficou muito surpreendida ao ver que o filho tinha tomado "o comando" das coisas lá por casa os 2 ou 3 dias que estive de cama. Mas, também já passei por situações em que tenho que lembrar o menino de fazer qualquer coisinha porque ficar tudo para mim não dá.
Este tema dá pano para mangas... e muitas vozes se poderão levantar com diferentes pontos de vista. Eu acredito que cabe ao casal encontrar a melhor forma de conciliarem tarefas... eu, por exemplo, nunca peço para o meu namorado tratar da roupa, porque ele não sabe e ainda haveria asneira. Se bem que não lhe fazia mal nenhum aprender... lol


De Jo a 28 de Agosto de 2009 às 14:53
La esta... acho que é um ponto de vista que a mulher vai ter sempre diferente do homem... porque qualquer homem que ajude vai sempre achar que ajuda muito... e em conversa va idizer sempre que ajuda bastante em casa, que ha divisao igualada de tarefas... mas na realidade nao é assim, pode ajudar mas a maior parte recai sobre a mulher...


De raio-de-luar a 28 de Agosto de 2009 às 14:57

"Ser mulher... é do caraças!"


De raio-de-luar a 28 de Agosto de 2009 às 14:01
Boa reflexão!
É bem verdade que numa vida em comum há os homens que ajudam, e tenho um dos que dá uma ajudinha, mas a maior fatia fica sempre para a mulher. Provavelmente por sermos o sexo mais forte... ora, já que temos a fama, também temos de ter o trabalho... ai, o proveito.


De Jo a 28 de Agosto de 2009 às 14:05
claro! é obvio que muitos homens ajudam! bastante até! mas nao acredito que a fatia seja a mesma percebes? mas os homens que ajudam acham que da para igualar! nunca na vida... as mulheres fazem sempre mt mais...


De Margot a 28 de Agosto de 2009 às 14:38
Este é realmente um tema que dá muito que falar!
Vivo com o meu namorado há alguns anos e tenho suado bastante para conseguir incutir nele a realidade de que as coisas não aparecem feitas sozinhas. Tudo devido à educação de uma mãe que achava que um homem fazer a cama era coisa de maricas - só por este exemplo dá para perceber o género!
Hoje em dia já ajuda em algumas coisas, mas mesmo assim tenho de estar sempre a pedir e a dizer-lhe: podes aspirar, podes por a mesa, vem ajudar-me a mudar os lençóis da cama, podes estender a roupa, etc..
Parecem que não tem iniciativa para perceber o que é preciso ser feito e chega ao cumulo de dizer: não quero limpar o pó porque não gosto. E então? Eu também não gosto, mas alguém tem de o fazer!
Ainda há pouco tempo, num jantar de amigos, ficaram todos muito surpreendidos porque eu não engomo a roupa dele. Mas porquê a surpresa? Eu trabalho fora de casa, ele é free-lancer, está sempre em casa, só tem de engomar a roupa dele. Se fosse ao contrário, toda a gente acharia normal que eu engomasse a roupa toda: minha, dele, da casa.
É o exemplo que eu vejo, mas noto em conversas com amigos, que a realidade nas outras casas é semelhante.
Sim, os homens já vão ajudando, mas é uma parte ínfima e de má vontade!


De Jo a 28 de Agosto de 2009 às 14:42
Ves? é ai que quero chegar! as mulheres fazem porque tem que fazer, os homens fazem quando querem fazer! que nao me lixem mas é assim... um dia que viva com o Mario, ele vai ter que ajudar em tudo, é obvio e se nao souber vai aprender, mas que nao me lixem que nao é por estarmos no séc XXI que o homem é tao dona-de-casa como a mulher...Deveria ser mas nao é...


De Margarida a 28 de Agosto de 2009 às 15:33
Pois devia e é ridículo que ainda não o seja. O simples facto de dizermos "ajudar" em casa, em vez de dizer-mos "partilhar" as tarefas domésticas, ilustra o que se passa!


De Jo a 1 de Setembro de 2009 às 10:24
Pois! COntinua a ser um papel principalmente feminino... mas os senhores que ajudam em casa ja acham que dividem tarefas :/


De Armando Correia a 28 de Agosto de 2009 às 16:09
Quem te disse que a ajuda do homem nunca é a mesma coisa???


De Jo a 1 de Setembro de 2009 às 10:25
Nao digo que nao saibam fazer as coisas, mas nao fazem quase nunca com iniciativa propria. Podem haver excepçoes, mas nao se esqueçam que estamos a generalizar... é o que fazemos neste blog... como é obvio e graças a deus, existem excepçoes (ainda que poucas!) a regra...


De trifenes a 28 de Agosto de 2009 às 21:47
concordo TANTO com este post, a serio... ser mulher é ser mulher ! e portanto.. só digo.. força meninas.. porque estamos cá para dar uma lição aos benditos homens que tanto odiamos amar.

xoxoxo magnolia*


De Jo a 1 de Setembro de 2009 às 10:26
:D homens e mulheres, os opostos que tanto se atraem :P


De nita a 29 de Agosto de 2009 às 03:29
Olá!

Ao ler o teu post revi-me um pouco nele. Acrescento que vou falar somente da minha experiência. Vivo com o meu namorado e acredita que nem sempre é fácil. Ambos trabalhamos e é claro que chegamos cansados a casa.
Muitas das vezes tenho de fazer de gestora da casa, digamos, tenho de pedir que me apanhe a roupa, ou regue as plantas, ou que a loiça tem de ser lavada porque eu não consigo fazer tudo. Acredito que é importante que dividamos as tarefas, porque nem um nem outro é criado.
Infelizmente ele não tem a percepção do quão extenuante pode ser gerir uma casa. Às vezes quando está de bom humor pergunta se preciso de ajuda. Mas francamente ele não tem de ajudar em nada, ele tem é de fazer o que entender e entender que eu não sou mãe dele. Sim porque a mãe habituou-o mal, ainda agora quando vamos a casa dele se ele está no sofá e o comando está na mesa, para não se levanter pede à mãe para lhe ir buscar o comando.
Também entende que faz as coisas quando lhe apetecer. Então é frequente deixar a roupa na corda "seca que nem um bacalhau" até que lhe apeteça ir buscá-la.
Enfim, é um tipo de situação que me dá cabo da paciência e por mais que queira não consigo reverter...

Fica aqui o desabafo. Parabéns pelo blog!


De Jo a 1 de Setembro de 2009 às 10:27
Nita,
acho que grande parte de nos te compreende... porque na verdade, nao é por estarmos no sec XXI que as coisas mudaram totalmente... melhoraram a olhos vistos, mas dai até eles tomarem o comando das limpezas e as partilharem totalmente... :/


De susana a 29 de Agosto de 2009 às 15:18
Xii, o assunto é quente!
Sou casada há 10 anos,tenho 36 e uma filha de 7. O meu marido é igual aos outros, só faz se lhe pedir e por vezes tenho que pedir mais do k 1 vez, ou então faz contrariado,de trombas mesmo!
O primeiro ano de casada foi um terror,pois eu julgava que o ía moldar, ser arrumadinho,por ter um gozo maior em estar na sua própria casa. A coisa tava tão má, que resolvi que era melhor fazer eu as tarefas, a ter que as fazer na mesma depois de discutirmos o "tens k fazer, pk eu tb trabalho e tal, tb tou cansada e tal".Agora faço logo de uma vez, deixo-o estar a mofar no sofá de comando na mão (passatempo favorito) e qd ao fim de 10 minutos adormece, vou lá, apago a luz desligo a TV e tou em paz.
O meu, é igual aos outros, com a diferença que não gosta de futebol, vá lá!!!

Parabéns ao Francisco, mas hummm... fiquei a pensar, tem que ter algum defeito: gosta de futebol?! lol


De Jo a 1 de Setembro de 2009 às 10:28
Ola Susana!
Bem, estou a ver que é mesmo geral... afinal onde é que param os que partilham as tarefas? é que nao me parecem que sejam assim tantos...
bjoca susana


De chocolatsuisse a 29 de Agosto de 2009 às 23:06
Vim meter o bedelho! Há uma coisa que ninguém cometou e que eu acho que é bem real, mesmo que o homem ajude muito, tenha as tarefas igualmente divididas, existe o facto de fazerem as coisas à maneira deles e não da maneira como nós fazemos ou gostamos.
Como por exemplo, limpar o chão com a mesma água de à uma semana, aspirar antes de limpar o pó, misturar condimentos na comida que não combinam. Existem pequenas coisas que lhes passam ao lado e que temos de lhes ensinar e que às vezes nos cansam de tanto batalhar.


De Jo a 1 de Setembro de 2009 às 15:12
Pois é ! Quando dizemos nao é assim que se dobram as meias... ou, pega num pano limpo...sei la... sem a nossa interveniencia... esta td tramado!


De O Gato a 31 de Agosto de 2009 às 13:31
"mesmo que o amado esposo ajude nunca consegue fazer muita coisa…"

Grande lata , ajudamos e depois ainda é assim que agradecem.
Descaramento.

Bj eu digo-te


De Jo a 1 de Setembro de 2009 às 15:11
La esta!!! nao seria uma questao de ajudar, mas sim de fazer!!! Porque é que se diz ajudar? Porque quem leva com a lida da casa é a mulher!
bjos :p


De Pankas a 31 de Agosto de 2009 às 15:44
Ainda ontem, ao fim do dia, o meu pai virou-se para a minha mãe que arrumava a cozinha juntamente comigo e disse-lhe: Não sou preciso aqui pois não?
Pois bem, a pergunta dele já demonstra a pouca vontade de fazer as coisas, quanto mais ter que ir fazer. Mas teve azar, estavamos todos cansados, sim ele também estava, mas nao era por isso que ia deixar o trabalho todo para as mulheres. teve que ir sacudir os tapetes e aspirar a cozinha enquanto eu e a minha mae iamos fazendo outras coisas.

o meu pai de vez em quando tem destas coisas. ele ajuda, faz de tudo um pouco lá em casa. mas nao sabia nada quando foi viver com a minha mae. a minha mae teve que o ensinar a fazer tudo. ele nem cozinhar sabia e hoje faz pratos melhores que a minha mae. mas a minha mae é um optima cozinheira e é capaz de fazer qualuqer coisa. o meu pai ja nao. ele foi aperfeiçoando aqueles pratos que sempre gostou de fazer, ao contrário da minha mãe.

quando o meu pai viveu na alemanha, por causa de trabalho, estava a viver com mais 8 homens. sabem quantos homens faziam alguma coisa em casa? só o meu pai... nao estou a gabar-me. mas isto é dito pelos colegas que estiveram com ele e existe fotos onde se ve quem é que trabalha em casa e quem é que nao trabalhava. quem lavava a roupa, quem cortava o cabelo, quem lavava a loiça, quem cozinhava, quem ia às compras, quem ia com os doentinhos ao médico. o meu pai só nao passa a ferro.
la em casa se for preciso faz a cama, aspira o chão, corta a relva, regas as flores, e etc etc etc, faz se for pedido... ora ai está...


Comentar post

Os homens escusam limpar os pés porque também não entram. Este blog é só para o sexo mais forte!
Autoria
posts recentes

Ah pois é :)

Mas a culpa não é nossa.....

Já não chega de passarinh...

De volta...

Dia dos namorados...

A proposito de um post da...

Voces estao a ver???

Nunca se falou aqui!!!

As sogras

Porquê!!!

arquivos

Setembro 2010

Agosto 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Tags

vida(142)

mulheres(74)

sexo(43)

amor(37)

relacionamentos(34)

homens(28)

cenasdegaija(17)

actualidade(14)

mundo(14)

horóscopo(12)

moda(11)

eu(7)

beleza(5)

sociedade(5)

dieta(4)

dietas(4)

parabéns(4)

sedução(4)

anorexia(3)

crianças(3)

todas as tags

subscrever feeds